Perfurações no túnel da Transoceânica do lado de Charitas começam dia 19 – Portal Guia Oceânica de Niterói.

 Inicio das Obras da Transoceânica.

Ao todo, 300 metros de túnel já foram perfurados (150 de cada lado). Na próxima segunda -feira (16/11), irão começar as obras do lado esquerdo de quem sobe para a Região Oceânica do trecho 8 da obra (que vai da padaria Versailles até o Engenho do Mato) e o lado direito da obra estará concluído, facilitando assim a vida dos comerciantes tendo em vista a proximidade do período de Natal.

Nesta quarta-feira (11/11) será iniciado o trecho 4 da obra, entre o DPO do Cafubá e a rótula do bairro, com microdrenagem, sistemas de drenagem e preparação da pavimentação da antiga avenida Raul de Oliveira Rodrigues.

O trecho 3, que vai do canteiro de obras até a rótula do Cafubá, está em andamento, com sistema de drenagem, com previsão de conclusão para março. Já o trecho 5, na Estrada Francisco da Cruz Nunes, deverá começar em janeiro.

Durante a visita desta terça-feira, o prefeito, acompanhado de secretários municipais, do deputado estadual Waldeck Carneiro, vereadores e lideranças comunitárias da região, percorreu 150 metros de um dos túneis. Segundo ele, a obra segue o seu cronograma

“A obra está caminhando a passos largos. Ela segue um cronograma positivo porque planejávamos para o momento 250 metros de perfuração e já tem 300. Com início da perfuração em Charitas, vamos ter duas frentes de obras no túnel e a previsão é que no segundo semestre de 2016, as duas partes se encontrem.

Essa obra é esperada há 40 anos. Fico orgulhoso e feliz por isso porque para chegarmos até aqui vencemos dezenas de etapas de licenciamento ambiental, projeto executivo, obtenção de recursos e financiamento. Isso é resultado de planejamento, dedicação, competência e empenho, não é do acaso.

Mais que e uma obra viária, a Transoceânica é uma proposta de mobilidade urbana que, além do túnel sem pedágio, contará também com o BHLS, um sistema de alta performance de transporte coletivo, melhorando a mobilidade de Niterói, criando uma opção de deslocamento e uma perspectiva de desenvolvimento sustentável para Niterói pelos próximos 30 anos. Estamos preocupados com as próximas gerações, preparar a nossa cidade para que o futuro dela seja melhor do que o passado e o recente”, declarou.

O chefe do Executivo municipal afirmou que a obra da TransOceânica possibilitará a transformação da Estrada Francisco da Cruz Nunes que vai deixar de ser uma via degradada e depreciada ha muitos anos e ganhará um corredor moderno de transporte, uma nova iluminação e vai se modernizar, se tornando uma rua acolhedora para a população da Região Oceânica.


Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.